Redmi Note 11 vs realme C35: qual celular chins tem o melhor custo-benefcio? | Comparativo

O realme C35 e o Redmi Note 11 são posicionados entre os segmentos de entrada e de intermediários básicos, com a proposta de não ter especificações tão simples, mas também cobrar menos do consumidor.

Entre os modelos da realme e da Xiaomi, qual deles oferece o melhor custo-benefício ao usuário? O Comparativo do TudoCelular conta a resposta para você.



Android
20 Mai

Redmi Note 11: celular mant


Android
28 Fev

ndice do Comparativo

Design e conectividade

realme C35

Iniciamos pelo design com dois aparelhos construídos de plástico, tanto nas laterais como na traseira. O C35 usa um bloco de câmeras alinhado com os modelos mais avançados e uma pintura brilhante na tampa, que reflete a luz em raios difusos. Já o Note 11 prefere um módulo vertical que destaca o sensor principal, além do acabamento fosco, para melhorar a pegada.

O Redmi é o que possui o corpo mais compacto e leve da dupla, além de fornecer o IP53, para garantir a resistência contra poeira e respingos d’água. Pena que o realme não vem com qualquer certificação para maior proteção.

Redmi Note 11

A escolha de notch para o C35 foi no tradicional formato de gota. Por sua vez, a Xiaomi ousou mais ao colocar o entalhe em um furo na tela. Dos dois lados, você encontrará um leitor biométrico integrado ao botão de energia.

Na parte de conectividade, ambos contam com Wi-Fi e Bluetooth de quinta geração, porém deixaram de fora o NFC, então nada de pagamentos por aproximação neles. A dupla ainda vem com uma gaveta tripla, para dois chips de operadora e um cartão microSD.

O design mais avançado do Redmi dá o ponto a ele.

Melhor construção

Nenhum

Visual mais moderno

Redmi Note 11

Slot é híbrido ou dedicado?

Ambos

Melhor solução do notch

Redmi Note 11

Melhor solução da biometria

Nenhum

Melhor certificação de resistência?

Redmi Note 11

Qual é mais compacto e leve?

Redmi Note 11

Tem NFC?

Nenhum

75.6 x 164.4 x 8.1 mm
6.6 polegadas – 2408×1080 px

73.87 x 159.87 x 8.09 mm
6.43 polegadas – 2400×1080 px

Multimdia e recursos

Tela


A realme colocou uma tela de 6,6 polegadas no seu celular, um pouco maior que as 6,4 polegadas do Redmi. Só que o painel IPS LCD do C35 acaba ficando atrás no contraste e no nível de brilho em relação ao display AMOLED do Note 11.

Outro diferencial da Xiaomi está na taxa de atualização de 90 Hz. Isso significa que você terá uma experiência mais suave nas animações dele do que na tela limitada a 60 Hz do concorrente.

A resolução é Full HD+ nestes smartphones, que dispensam o HDR para streamings compatíveis. Eles também contêm proteção contra arranhões, com o Panda Glass no realme, e o Gorilla Glass 3 no Redmi.

O Note 11 anota o ponto pelo display de maior qualidade no geral.

Melhor tecnologia de tela

Redmi Note 11

Melhor brilho de tela

Redmi Note 11

Cores mais precisas

Redmi Note 11

Melhor resolução de tela

Nenhum

Tela maior

Realme C35

Melhor proporção tela/corpo

Redmi Note 11

Tela de Hz elevada?

Redmi Note 11

Proteção no vidro?

Ambos

Qualidade geral da tela

Redmi Note 11

Som


Enquanto a realme apenas colocou um alto-falante mono no seu aparelho, a Xiaomi inseriu um sistema sonoro estéreo, com duas saídas de som que fornecem a mesma potência ao usuário.

Apesar de o C35 não decepcionar no volume máximo, não chega até a capacidade do rival. Pelo menos, ambos fornecem um equilíbrio satisfatório entre graves, médios e agudos. Mas ainda assim, a qualidade do realme não consegue chegar no que o Redmi entrega.

Ambos vêm com um conector físico no padrão P2, que permite a conexão de um fone de ouvido convencional. O problema é que nenhum deles manda o acessório na caixa.

Assim, o Note 11 fica com o ponto pelo áudio estéreo.

Som é estéreo?

Redmi Note 11

Possui entrada P2?

Ambos

Maior equilíbrio de frequências

Redmi Note 11

Potência sonora

Redmi Note 11

Vem fones de ouvido na caixa?

Nenhum

Sistema


Os dois dispositivos trazem o Android 11 instalado de fábrica. Eles não costumam estar sempre atualizados nos pacotes de segurança. Ainda assim, o Redmi deve entregar mais tempo de grandes updates de software que o rival.

Nenhum deles contém suporte a 5G, o que torna a experiência limitada à geração passada da rede móvel. A Realme UI 2.0 é mais limpa que a MIUI 13 e, por isso, pesa menos no uso geral. Porém, o concorrente se beneficia da tela com maior taxa de atualização.

Em termos de recursos, o C35 vem com menos funções que modelos mais caros da marca. Já o Note 11 tem uma aparência mais parecida com o iOS, widgets reformulados e as customizações características da Xiaomi.

O Redmi marca o ponto pela experiência mais completa de sistema.

Sistema bem atualizado?

Nenhum

Sistema será atualizado futuramente?

Redmi Note 11

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Redmi Note 11

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Software mais fluido

Ambos

Desempenho

O C35 utiliza a plataforma móvel Tiger 616 da Unisoc, contra o Snapdragon 680 da Qualcomm no Note 11. Nesta disputa pelo melhor desempenho, o realme se mostrou a melhor opção. Ele é mais lento na abertura de apps, mas recarrega menos em segundo plano. Isso o deixa com uma vantagem de 27 segundos nos nossos testes de velocidade.

Partindo para os benchmarks, vemos que o chip usado pelo Redmi tem um potencial superior, já que consegue números ligeiramente maiores tanto no AnTuTu como nos indicadores do Geekbench.

Em jogos, eles se alternam entre os games que rodam com qualidade melhor. Mesmo que o modelo da Xiaomi tenha suporte a 90 fps, não espere aqui muitos títulos explorando esse recurso nele.

A realme fica com o ponto pelo desempenho multitarefas.

Quem se sai melhor no teste de abertura?

Realme C35

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Ambos

Quem tem os melhores números de benchmark?

Redmi Note 11

Qual o processador mais atualizado?

Nenhum

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Realme C35

Qual tem mais armazenamento?

Redmi Note 11

Bateria

Em ambos os casos, encontramos uma bateira com a mesma capacidade de 5.000 mAh. Isso significa que a duração é igual? Não foi bem assim nos nossos testes padronizados. A Xiaomi mostrou ter um software mais bem otimizado e registrou 7 horas e meia a mais de autonomia.

E não pense que o cenário muda na recarga. O adaptador de 33 W do Redmi leva menos de uma hora até chegar nos 100%. Bastante diferente do C35, que precisa de mais de 2 horas até completar o processo, com seu carregador de 18 W.

Este é um ponto fácil para o Note 11.

Qual tem mais bateria?

Nenhum

Qual recarrega mais rápido?

Redmi Note 11

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

Redmi Note 11

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Cmera

A realme colocou três câmeras traseiras em seu smartphone, contra quatro inseridas pela Xiaomi. Nos dois casos, temos um sensor principal de 50 MP. Mas os resultados são bem distintos. Vemos que o Redmi acerta mais nas cores e na nitidez, além do modo noturno superior, mesmo ainda longe da perfeição. O C35 acaba sofrendo com as limitações do hardware da Unisoc aqui.

A macro deles peca por não ter uma alta resolução, fora a falta do foco automático. Já a de desfoque do realme é mais limitada, enquanto a do Note 11 funciona bem e erra menos que o rival. Apenas o modelo da Xiaomi vem com uma lente ultrawide, que tem ruídos mais acentuados, mas não chega a ser inutilizada em locais escuros e serve para registrar mais dos cenários.

Com resultados melhores e um conjunto mais versátil, o Redmi marca aqui.

Melhor conjunto de câmera traseira

Redmi Note 11

Melhores fotos de dia

Redmi Note 11

Melhores fotos noturnas

Redmi Note 11

Conjunto mais versátil

Redmi Note 11

Melhor ultrawide

Redmi Note 11

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Ambos

Melhor profundidade

Redmi Note 11

Fotos tiradas com o realme C35

A filmadora dos dois celulares fica limitada à resolução Full HD, porém o foco não é dos mais lentos neles. O Redmi leva vantagem por ter estabilização para lidar com os tremidos, além da captura de áudio estéreo. A qualidade dele no geral também fica bastante acima do que o C35 apresenta.

Por isso, o Note 11 leva mais um ponto.

Possui estabilização óptica?

Nenhum

Melhor estabilização eletrônica?

Redmi Note 11

Foco mais ágil

Nenhum

Grava em 4K a 30 fps?

Nenhum

Melhor captação de áudio

Redmi Note 11

Melhor qualidade de vídeo

Redmi Note 11

Fotos tiradas com o Redmi Note 11

Tanto o C35 quanto o Note 11 registram selfies apenas decentes durante o dia, com muita granulação à noite. Eles pecam em nitidez e nas cores. Ao menos, o Redmi tem um sensor com maior definição e filma de frente em Full HD, enquanto o concorrente não passa de HD nos vídeos.

A Xiaomi amplia o placar.

Melhor conjunto de câmera frontal

Redmi Note 11

Câmera frontal grava em Full HD?

Redmi Note 11

Melhor selfie

Redmi Note 11

Preo

Tanto o C35 quanto o Note 11 foram lançados de forma oficial no mercado brasileiro. O modelo da realme chegou pelo preço sugerido de R$ 1.900, contra R$ 2.600 do aparelho da Xiaomi. No varejo atual, os dois podem ser encontrados bem mais baratos, perto dos R$ 1.000. Só que o Redmi ainda fica em torno de R$ 200 abaixo.

Como qualquer valor a menos faz a diferença no bolso do consumidor, o Note 11 fica com o último ponto neste duelo.

Qual teve melhor preço de lançamento?

Realme C35

Qual tem melhor custo-benefício atual?

Redmi Note 11

7.9
Hardware

8.7
Custo Benefcio

Realme C35

Comparar

8.3
Hardware

9.9
Custo Benefcio

Redmi Note 11

Comparar

Concluso

Entre os celulares chineses focados em custo-benefício, a Xiaomi acabou vencendo com grande folga. O Redmi Note 11 é o que vai oferecer um design mais moderno e resistente, uma tela AMOLED mais fluida, um som estéreo de maior qualidade e um sistema com maior longevidade. Ele ainda conta com a bateria que entrega autonomia maior e recarga mais rápida, sem contar o conjunto de câmeras de maior qualidade em todos os quesitos.

Do lado do realme C35, o único ponto de vantagem fica por conta do desempenho superior. Por ser mais fraco, ele apenas compensaria se cobrasse um valor muito mais baixo que o rival. Mas o que acontece é o contrário, e até aqui o Redmi leva vantagem sobre ele.

RESULTADO

realme C35: 1 PONTOS

  • Desempenho multitarefas mais rápido

Redmi Note 11: 9 PONTOS

  • Design mais moderno, resistente e compacto
  • Tela AMOLED de 90 Hz
  • Som estéreo
  • Sistema com maior longevidade e mais recursos
  • Bateria com maior autonomia e menor tempo de carregamento
  • Câmeras traseiras com fotos melhores e sensor ultrawide
  • Vídeos com estabilização, áudio estéreo e maior qualidade
  • Câmera frontal com melhores selfies e vídeos em Full HD
  • Menor preço no mercado brasileiro atual

Você acha que o desempenho mais rápido do C35 compensa as desvantagens para o Note 11 em todos os outros quesitos? Comente conosco!

(atualizado em 21 de agosto de 2022, s 19:40)

#Redmi #Note #realme #C35 #qual #celular #tem #melhor #Comparativo

Leave a Comment

Your email address will not be published.