Corinthians supera o Real Braslia fora de casa e larga em vantagem nas quartas do Brasileiro

O Corinthians abriu importante vantagem na disputa das quartas de final do Brasileiro Feminino neste domingo. Jogando no Mané Garrincha, o Timão superou o Real Brasília por 2 a 0 com gols marcados por Adriana e Vic Albuquerque.

A equipe alvinegra dominou todo o jogo e comandou as ações ofensivas da partida. O Timão abriu o placar ainda no primeiro tempo em um golaço de Adriana a, na segunda etapa, ampliou com Vic de pênalti.

Agenda alvinegra: o Corinthians volta a campo na quinta-feira, agora em partida válida pelo Paulistão Feminino. A bola rola na Fazendinha às 17h para o duelo contra a Portuguesa.

Escalação

Ainda com o desfalque de Tarciane, que defende o Brasil na Copa do Mundo Sub-20, o Corinthians foi a campo com força máxima dos nomes que tinha à disposição. Arthur Elias escalou a equipe com Lelê, Paulinha, Gi Campiolo, Andressa e Tamires; Diany, Gabi Zanotti, Jaqueline e Vic Albuquerque; Gabi Portilho e Adriana.

Meu Timão

O jogo

Primeiro tempo

O Corinthians começou a partida pressionando as donas da casa e valorizando a posse de bola. A primeira chance corinthiana foi em cobrança de falta, quando Tamires levantou a bola na área e Jaque tentou a finalização, mas a bola ficou em um bate rebate na área após o chute da camisa 30, voltou nela e saiu em tiro de meta.

O Real Brasília tentou sua primeira chegada minutos depois. Andressa foi desarmada na altura do meio de campo por Gabi Soares, que construiu a jogada pelo meio e tentou o passe entre a defesa, mas Tamires estava atenta na jogada e fez a proteção até que Lelê saísse do gol para ficar com a bola.

O Corinthians respondeu rápido com Gabi Portilho, que recebeu o passe em profundidade pela direita. Ela invadiu a área e tentou por cobertura, mas a bola ficou baixa e Dida conseguiu o desvio pela linha de fundo. O escanteio foi afastado em dois tempos pela defesa brasiliense.

Com cerca de dez minutos, o Real Brasília teve cobrança de falta após uma nova jogada de Gabi Soares, mas a batida de Sassá foi direto no gol e Lelê fez a defesa sem dificuldades. Pouco depois, o Corinthians teve duas oportunidades seguidas em cobrança de escanteio: a primeira foi afastada pela defesa e a segunda ficou nas mãos de Dida.

A pressão corinthiana surtiu efeito aos 22 minutos. A marcação na saída de bola fez com que Paulinha ganhasse pelo alto no meio de campo e conseguisse o passe para Diany. A camisa 8 acionou Gabi Portilho pela direita e a corinthiana foi para a linha de fundo fazer o cruzamento. A bola na pequena área encontrou Gabi Zanotti, que tentou a jogada, mas ficou caída e, mesmo assim, conseguiu o passe para Adriana. A atacante dominou na entrada da área, limpou duas marcadoras e estufou a rede para abrir o placar.

Minutos depois, a arbitragem fez uma pausa para hidratação das atletas e os treinadores aproveitaram para com cerca de 30 minutos, Arthur Elias precisou fazer a primeira mudança na equipe corinthiana: lesionada após sofrer uma entrada adversária, Gabi Portilho teve que deixar o campo e deu lugar para Jheniffer. Em sua primeira oportunidade, a camisa 9 finalizou da entrada da área, mas a bola passou raspando a trave e saiu pela linha de fundo.

As donas da casa voltaram a tentar o gol com Dani Silva, que fez jogada pela esquerda e passou por Paulinha. De dentro da área, ela tentou o chute direto e Lelê fez o desvio em escanteio, que foi bem afastado pela defesa. Já nos acréscimos, Maria Dias conseguiu jogada pela esquerda e fez o toque na área, mas a goleira corinthiana se adiantou e ficou com a bola.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para a segunda etapa com mais uma mudança: Mylena foi acionada por Arthur Elias para lugar de Gabi Zanotti. E com apenas três minutos, o Timão se viu em um cenário um pouco mais confortável na partida: Laíne e Adriana se desentenderam em campo e ambas foram amareladas, mas a adversária já tinha um cartão e acabou expulsa.

Com oito minutos, Mylena teve sua primeira participação importante em campo. Pela direita, a camisa 19 invadiu a área e foi derrubada por Carol em jogada que resultou em pênalti para o Corinthians. Na cobrança, Vic Albuquerque pegou a bola e bateu no canto direito, sem chance de defesa para a goleira adversária. 2 a 0 para o Timão!

Depois disso, a equipe alvinegra cresceu ainda mais na partida e trabalhava bem a posse de bola. Em uma desatenção, o Corinthians perdeu a bola no campo de ataque e viu Gabi Soares ter caminho livre pelo meio para tentar o gol. Ela chutou da entrada da área, mas Lelê fez a defesa segura.

Perto dos 25 minutos, o Corinthians teve mais uma boa chegada. O Timão roubou a bola no meio de campo e Adriana comandou a jogada pela direita para fazer o cruzamento na pequena área, mas a defesa conseguiu um leve desvio. A bola ainda sobrou na entrada da área e Vic tentou a finalização de primeira, mas a bola saiu por cima do gol.

Minutos mais tarde, a partida foi novamente pausada para hidratação. No retorno, o Corinthians chegou perto do terceiro gol em cobrança de falta de Tamires, que levantou a bola na área e viu Jaque tentar o desvio de cabeça, mas a bola passou raspando a trave e foi pela linha de fundo.

No lance seguinte, nova jogada de perigo corinthiana, agora com Jheniffer. A camisa 9 pressionou a marcação dentro da área, roubou a bola e bateu rasteiro, mas Dida fez a defesa e impediu o gol alvinegro.

Aos 35 minutos, Arthur Elias voltou a mexer no Timão: na última oportunidade de substituição, o treinador lançou a campo Yasmim e Lia Salazar para as saídas de Andressa e Jaqueline. Em uma de suas primeiras participações, a camisa 71 foi precisa e tomou a frente da adversária que invadiu a área para afastar o perigo.

Já nos minutos finais, Vic Albuquerque sofre uma entrada dura e ficou em campo com dores no joelho. A corinthiana precisou deixar o campo de maca e não retornou ao jogo. Assim, as equipes ficaram com o mesmo número de atletas em campo, já que o treinador alvinegro já tinha feito todas as substituições. Pouco depois, as donas da casa ficaram em vantagem numérica, já que Mylena recebeu o segundo amarelo e foi expulsa. Ainda assim, o Real Brasília não conseguiu o gol e o jogo chegou ao fim em 2 a 0 para o Timão.

Veja mais em:
Corinthians Feminino e Campeonato Brasileiro.

#Corinthians #supera #Real #fora #casa #larga #vantagem #nas #quartas

Leave a Comment

Your email address will not be published.