Corinthians se perde no segundo tempo e goleado pelo Palmeiras no Brasileiro Sub-17

O Corinthians viveu uma noite complicada nesta quinta-feira com sua equipe Sub-17. No Brasileirão da categoria, o Timão foi goleado fora de casa pelo Palmeiras por 4 a 1.

A equipe alvinegra abriu o placar ainda no primeiro tempo e conseguiu fazer certa pressão nos donos da casa, mas logo sofreu o empate. Na segunda etapa, no entanto, os donos da casa logo balançaram a rede e o Timão se desestruturou, dando espaço para novos gols.

Agenda alvinegra: o Timão volta a entrar em campo no sábado. A bola rola para a equipe em duelo com o Brasilis, pelo Paulista da categoria, às 11h, na Fazendinha.

Escalação

O Corinthians foi a campo com Felipe Longo, Caipira, André, William, Gabriel Moscardo, Gustavo Henrique, Juninho, Breno Bidon, Guilherme Henrique, Adryan e Vitor Robson.

O jogo

Primeiro tempo

Os donos da casa começaram já em busca do gol. Na chegada pelo meio, William desarmou o adversário por baixo na entrada da área e afastou o perigo que chegava até Felipe Longo.

A primeira tentativa corinthiana foi fruto de uma cobrança de falta. Bidon levantou a bola na área e André conseguiu o cabeceio, mas o goleiro fez a defesa. Na saída de bola, Luigi recebeu o passe no contra-ataque e fez a finalização da entrada da área, mas bateu para fora.

Pouco antes dos dez minutos, o Palmeiras voltou a levar perigo. Em cobrança de falta, a bola passou por toda a pequena área e encontrou Luigi, que cabeceou no chão e viu a bola subir demais, saindo por cima do gol.

Na saída de bola, o Corinthians abriu o placar. A troca de passes na defesa acabou em lançamento longo para Bidon. O camisa 8 e capitão do Timão recebeu no meio dos dois zagueiros adversários e tocou alto ao perceber o goleiro deixar o gol. A bola encobriu o arqueiro e morreu no fundo da rede.

Pouco depois, André teve mais uma interceptação providencial: Luigi recebeu o passe dentro da área e foi desarmado pelo corinthiano por baixo. A bola saiu em escanteio e a cobrança afastada pela defesa ainda desviou em um adversário antes de sair pela linha de fundo.

O Corinthians pressionava a saída de bola adversária e apostava na marcação para recuperar a posse e trabalhar em velocidade. Aos 25 minutos, a equipe alvinegra perdeu a bola na transição ofensiva e viu os donos da casa armarem o contra-ataque. Depois de dois corinthianos tentarem o corte e falharem, a finalização da entrada da área foi bem defendida por Felipe.

Pouco depois, não houve quem impedisse o empate. Na chegada pela direita, a bola foi cruzada na área por Gilberto, que recebeu livre e teve tempo para ir na linha de fundo, e David Kauã subiu sozinho para deixar tudo igual.

O Timão voltou a tentar o gol agora com chute de longe, depois que o escanteio foi bem afastado pela defesa, mas a finalização foi direto nas mãos do goleiro. Já nos minutos finais, o Palmeiras teve duas tentativas também de fora da área, mas em ambas mandou a bola por cima da meta corinthiana. Assim, o primeiro tempo chegou ao fim empatado.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo com duas alterações: Gustavo Henrique e Vitor Robson deram lugar para Victor e Bahia. Apesar disso, o Timão não freou as chegadas palmeirenses e com cerca de cinco minutos Figueiredo recebeu o passe na entrada da área, limpou a marcação e bateu no canto para virar o jogo.

Pouco depois, o Palmeiras ampliou a vantagem. Na entrada da área, David Kauã bateu direto no gol, no canto esquerdo do goleiro, e balançou a rede. O Corinthians sentiu o peso do terceiro gol e logo sofreu o quarto. O cruzamento vindo da esquerda encontrou Thalys na pequena área, que cabeceou firme no alto.

Com pouco mais de 20 minutos, a equipe corinthiana realizou mais duas alterações: Gabriel Moscardo e Guilherme Henrique deixaram o campo para as entradas de Yago e Kallil. As mudanças, no entanto, não alteraram o cenário corinthiano na partida.

O Timão via os donos da casa terem a posse e dominarem as ações do jogo. A equipe alvinegra, então, passou a fazer uma partida bastante defensiva. Aos 32 minutos, a nova alteração no Corinthians colocou Gabriel Yuske e Ruan nos lugares de Adryan e Juninho.

Nenhuma mudança corinthiana surtia efeito ao ponto de fazer a equipe levar perigo ao gol do time mandante. Defensivamente, a equipe até teve uma melhora, mas não o suficiente para aumentar a posse e balançar novamente a rede para diminuir a desvantagem. Assim, a partida acabou em vitória para os donos da casa.

Veja mais em:
Base do Corinthians, Corinthians Sub-17, Drbi e Corinthians x Palmeiras.

#Corinthians #perde #segundo #tempo #goleado #pelo #Palmeiras #Brasileiro #Sub17

Leave a Comment

Your email address will not be published.